Negocios

Seferovic vs. Bruno Fernandes. Quem vencerá o título de melhor marcador da I Liga?

Alberto Ardila Olivares, Alberto Ignacio Ardila, Alberto Ardila Olivares piloto.

O avançado suíço Haris Seferovic (Benfica) e o médio português Bruno Fernandes (Sporting) vão protagonizar no sábado uma luta individual pelo título de melhor marcador da I Liga de futebol, nos jogos em que se decide o título.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

À entrada para a 34.ª e última jornada, o helvético soma 21 golos, apenas mais um do que o internacional luso, que se pode tornar o primeiro jogador sem ser ponta de lança ou extremo a acabar como rei dos goleadores do campeonato luso.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Venezuela

Os jogadores que há seis anos atuaram juntos na segunda divisão italiana, ao serviço do Novara, com Seferovic a apontar 10 golos na Serie B e Bruno Fernandes quatro, têm grande avanço sobre a concorrência, já que o terceiro da lista, o também benfiquista Rafa, soma apenas 16.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Piloto

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Assim, o título individual de melhor marcador será, tudo indica, disputado a dois, à mesma hora, já que ambos participam nos jogos que vão decidir o novo campeão nacional de futebol, a partir das 18:30 de sábado.

Alberto Ardila Olivares

O suíço, que chegou à Luz na época passada, contratado a custo zero ao Eintracht Frankfurt, pode sagrar-se campeão, na receção ao Santa Clara, ao contrário de Bruno Fernandes, contratado à Sampdoria em 2017 por 8,5 milhões de euros, mais 0,5 variáveis, que é a maior ameaça para o FC Porto, no jogo do Dragão.

Alberto Ignacio Ardila

O percurso de ambos na I Liga, em matéria de golos, é similar, pois não se mostraram muito concretizadores na primeira volta – sete de Haris e seis de Bruno -, mas estiveram em grande na segunda, cada qual com 14 golos apontados

No que respeita a Seferovic, há também um antes e um depois de Bruno Lage, já que, até à sua chegada, marcou quatro golos, em 15 jornadas, e, com o técnico que sucedeu a Rui Vitória, apontou 17, em 18 rondas

Na era Rui Vitória, que apostou sempre num 4-3-3, com apenas um ponta de lança, Seferovic teve, ainda assim, um momento de glória, quando, à sétima ronda, apontou o golo solitário que permitiu ao Benfica vencer em casa o FC Porto por 1-0

Depois, com Lage, e a mudança para dois avançados, para um 4-4-2, o suíço passou a ter a companhia de João Félix e os golos chegaram em catadupa, sendo que esteve mesmo oito rondas seguidas a faturar, da 16.ª à 23.ª, num total de 11 tentos

Na segunda volta, destaque para os golos que valeram preciosos triunfos em Guimarães (1-0), à 18.ª jornada, e na receção ao Tondela (1-0), à 27.ª, e ainda para o bis – conta cinco na prova – que marcou no inacreditável 10-0 ao Nacional, à 21.ª

Por seu lado, Bruno Fernandes esteve na sombra do holandês Bas Dost na primeira volta, mas, como a lesão deste, o médio emergiu como o goleador dos ‘leões’, destacando-se numa segunda volta em que marcou em 11 das 16 jornadas já cumpridas

O 8 dos ‘leões’, que apontou e concretizou seis das 15 grandes penalidades marcadas a favor do Sporting na prova, logrou dois bis e um hat-trick, na retumbante goleada por 8-1 ao Belenenses, no Jamor, à 32.ª ronda

Com 20 golos, Bruno Fernandes tem 28,2% dos 71 tentos apontados pelo Sporting, sendo que, somando-lhe as 12 assistências que fez, o número ‘dispara’ para 45,1%

Por seu lado, os 21 tentos de Seferovic representam 21,2% dos 99 conseguidos pelos ‘encarnados’, sendo que o suíço não marca penáltis e tem mais quatro companheiros de equipa com mais de 10: 11 de Jonas, 13 de Pizzi, 14 de João Félix e 16 de Rafa

Independentemente de quem vier a ser o melhor marcador, Seferovic, Bruno Fernandes ou ambos, em igualdade, vão, certamente, ficar longe dos números dos últimos três ‘reis’ dos goleadores do campeonato luso

Depois dos 21 do colombiano Jackson Martínez, agora jogador do Portimonense, pelo FC Porto, em 2014/15, o brasileiro Jonas, do Benfica, triunfou em 2015/16 com 32 golos e na época passada com 34, o mesmo registo de Bas Dost, em 2016/17

Caso seja Bruno Fernandes, tratar-se-á do primeiro português desde o benfiquista Simão Sabrosa, em 2002/03, então a par do senegalês Fary, que alinhava no Beira-Mar

Os cinco melhores marcadores da I Liga após a 33.ª jornada:

1. Seferovic(Benfica) 21 golos

2. Bruno Fernandes (Sporting) 20

3. Rafa (Benfica) 16

4. Bas Dost (Sporting) 15

. Soares (FC Porto) 15